Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

LCC

Publicado: Quinta, 14 de Abril de 2016, 19h07 | Última atualização em Quarta, 17 de Março de 2021, 14h40 | Acessos: 2074

Laboratório de Computação Científica (LCC) da Unifesspa 


A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), criada pela Lei Nº 12.824 de 05 de Junho de 2013, conta atualmente com um corpo docente composto de 392 professores do Magistério Superior, atuando em 42 cursos de graduação, abrangendo as diversas áreas do conhecimento. Dado que um dos principais objetivos da Unifesspa consiste na consolidação de centros de excelência em pesquisa nas áreas de Matemática, Física, Engenharias, Ciências Socioeconômicas, Biológicas, dentre outras, é imprescindível que a Instituição ofereça os mais modernos recursos computacionais capazes de atender a demanda de computação distribuída e de alto desempenho dos grupos de pesquisa responsáveis pelos referidos centros.

Tais demandas incluem, usualmente:

  • Processamento paralelo;
  • Visualização científica;
  • Reconhecimento de padrões;
  • Big data;
  • Análise estatística e cálculo de indicadores.

Neste contexto, a Unifesspa visa à instituição de um Laboratório de Computação Científica (LCC), o qual deverá ser atribuído o desenvolvimento, implantação e aplicação de técnicas e modelos matemáticos e computacionais para a resolução de problemas científicos e tecnológicos dos diversos grupos de pesquisa da Instituição, além de disponibilizar um ambiente computacional distribuído e de alto desempenho.

Com o objetivos do LCC, destacam-se:

  • Fixar-se como um centro de excelência em Computação Cientifica na região Norte do país;
  • Dar suporte à consolidação dos demais centros de excelência em pesquisa da Unifesspa;
  • Garantir a absorção de novos conhecimentos e tecnologias computacionais e oferecê-los como serviços aos grupos de pesquisa mencionados;
  • Realizar consultoria nos temas de processamento paralelo, visualização científica, reconhecimento de padrões, big data, análise estatística e cálculo de indicadores;
  • Capacitar os pesquisadores da Unifesspa no uso dos serviços oferecidos pelo LCC;
  • Ser um laboratório de estudo e pesquisa para discentes das áreas de computação e engenharia.

Uma vez que, nos dias atuais, a Computação Científica envolve uma massa de dados cada vez maior (observações e simulações numéricas estão à beira de gerar petabytes), enquanto que as requisições de redução de consumo de energia se intensificam, este projeto visa à pesquisa de estratégias e arquiteturas computacionais capazes de lidar com tais exigências.

 

Categorias apoiadas pelo LCC


APOIO ESPECIALIZADO TÉCNICO-CIENTÍFICO

Na categoria de apoio especializado, há assistência técnico-científica para as seguintes atividades:

- Inteligência artificial, aprendizado de máquina, mineração de dados e visão computacional

    Aplicação de variados algoritmos e metodologias para reconhecimento de padrões em tarefas, como classificação, clusterização, detecção de anomalias, previsão, inferências, visualização de informação, detecção de objetos e outras.

- Normalização, tratamento e análise exploratória em bases de dados

    Aquisição de bases de dados a partir de fontes de dados públicas para manipulação de grandes volumes de dados ou implementação de web-services, normalização, tratamento e análise exploratória de dados. Caso a fonte de dados não disponibilize publicamente os dados pleiteados, é de responsabilidade do pesquisador a obtenção destes. O LCC fornecerá um sistema para acesso às variáveis selecionadas e tratadas, conforme a necessidade do pesquisador.

- Geração de indicadores e análises estatísticas

    Para o pesquisador que já possui uma base de dados normalizada ou realizará normalização via LCC, é possível gerar os seguintes indicadores: Coeficiente de especialização; Índice de entropia; Índice de Krugman; Índice Bruto de Diversificação de Rogers; Quociente de Localização; Índice de Participação Relativa; Índice de Hirschman-Herfindahl; Índice de Separação Espacial; Índice de Concentração Normalizado; Coeficiente de Variação; Índice de Williamson; Índice de Theil; e Índice de Gini.

INFRAESTRUTURA COMPUTACIONAL

- Na categoria de infraestrutura computacional, o tempo estimado de uso da máquina solicitada, bem como a quantidade de núcleos, memória RAM e armazenamento em disco rígido deverão ser apresentados, justificando de forma clara e plausível seu uso.

- Os pesquisadores serão inteiramente responsáveis por softwares de terceiros, e eventuais licenciamentos destes, devendo observar as restrições existentes quanto ao uso de software não licenciado.

- Os softwares homologados para uso na Unifesspa são listados no seguinte endereço eletrônico: https://ctic.unifesspa.edu.br/softwares-homologados.html.

registrado em:
Fim do conteúdo da página